Agricultura Urbana e os Benefícios em tempos de Pandemia


Nesta pandemia, a agricultura urbana surge como uma nova garantia de verduras e legumes na mesa com baixo custo e uma possibilidade genuína de crescimento.


A mudança no setor de alimentos com o impacto das medidas de distanciamento social e lockdown trouxeram grandes preocupações para aqueles que prezam por comer alimentos vindos da agricultura.


Se, no início de toda essa questão, vimos várias pessoas correndo para o supermercado esvaziando prateleiras para estocar, por outro lado, virou um desafio garantir as refeições normais de cada um diariamente. De forma inesperada, a pandemia nos fez refletir sobre o modo de consumo que temos, de onde vem, como é produzido e como acessamos cada um deles.


À primeira vista, era só passar no mercado e pegar uma comida rápida de fazer ou no fast food e levar um lanche para matar a fome. Agora, as escolhas são mais escassas e está mais difícil ir a academias praticar exercícios, sobretudo com comércios fechados as opções não são muito boas.


Segundo uma pesquisa divulgada pelo IBGE em 2019, as despesas das famílias com refeições fora de casa chegaram a representar 32,8%. Quase um terço exclusivamente para alimentação que nessa época encontra-se fechada.


Ainda pensando em termos de quarentena, a agricultura urbana tornou-se uma ótima opção para cultivar alimentos frescos e economizar um valor considerável. Vamos conhecer um pouco dela.


Como usar a Agricultura Urbana na pandemia

Em tempos de pandemia, produzir parte do seu alimento em casa contribui para uma alimentação muito mais saudável e equilibrada, permitindo uma melhora da imunidade e evitando outras doenças por falta de nutrição.


Além disso, independentemente do tamanho do seu quintal, isso não impede que haja uma horta produtiva e com grande variedade de vegetais e leguminosas que trarão benefícios tão esperados, como falaremos em seguida.


Uma cebolinha, alface e uma couve já conseguem formar um prato colorido e muito saudável para complementar a sua refeição, nada de pensar em plantar exageros, o mais básico sempre funcionará e manterá a facilidade do cultivo sem exigir muito de você.


Pensando nisso, a agricultura chega como uma alternativa de alimentação e ajuda a manter o hábito saudável que algumas pessoas já tinham e precisaram se adaptar nesse momento.


O que você ganha com o cultivo familiar


Alimentos frescos

Com toda a logística dos alimentos, os legumes e verduras são coletados, armazenados e enviados aos centros de distribuição, como mercados. Mas esse processo envolve vários fatores, entre eles, o trajeto percorrido, que pode resultar em danos aos alimentos e o tempo de maturação deles acaba sendo impactado por causa da inadequada conservação.


Ao ter uma horta em casa, todo alimento colhido chegará na mesa fresco e sem nenhum dano de transporte ou estocagem.


Redução do desperdício

Com o objetivo de evitar muitas vezes a ida ao mercado, várias pessoas acabam comprando quantidades maiores de verdura, o que pode levar a um desperdício desnecessário assim como o armazenamento incorreto pode estragar o alimento e deixá-lo não consumível, sendo necessário jogar fora imediatamente.


Aproximação da produção

Ao comprar em mercados, é natural que você não saiba a origem do alimento, a forma como foi cultivado, cuidado e nem como foi transportado. O cultivo familiar permite que você saiba de onde veio o alimento que está consumindo, como você cuidou e o que usou para cultivar e tira toda e qualquer cadeia de transporte que possa danificar o produto.


Agrotóxicos

Fora a aproximação, você terá consciência que estará livre de todo agrotóxico usado pelos agricultores que faz mal a sua saúde e pode acarretar em sérias doenças graves, por mais que a intenção seja proteger as plantas dos animais que a comem.


Não precisa sair de casa

Com o severo aumento de casos do Covid-19 e o alto grau de contágio, os governadores adotaram medidas restritivas que diminuem a saída das pessoas às ruas. Aliado a isso, por mais que não houvesse isolamento social, o benefício de cultivar verduras e legumes para um hábito saudável proporciona uma menor necessidade de sair de casa.



Se não precisar sair de casa, sua saúde contra o vírus será resguardada e a alimentação irá fortalecer seu corpo.



Economia doméstica

No começo deste texto falamos sobre a porcentagem de despesa gasta com refeições fora de casa, 32,8%, um número alto. Levando em conta esse gasto, ao praticar a agricultura urbana dentro de casa você não só fica mais saudável como economiza boa parte do valor no aspecto alimentação que antes era destinado a comidas de fast food e lanches.


Para complementar, o desperdício que antes você tinha comprando, inevitavelmente, algumas verduras estragadas, hoje seria reaproveitado e traria economia no seu bolso quanto a aquisição de produtos que não serão totalmente consumidos.


Transforme sua alimentação com a plantação

Em suma, com a vinda da pandemia e o isolamento social, a oportunidade de estar mais perto da produção de hortaliças garante inúmeros benefícios e fortalecem uma cadeia sustentável. Sendo possível suprir as necessidades com a produção em casa sem precisar sair e gastar mais.


Soluções como hortas planejadas podem ser aplicadas dentro de um grande terreno ou mesmo dentro de pequenos apartamentos, não há barreiras para promover a sustentabilidade em casa.


Aqui na Iluvia garantimos a reforma ou construção do seu espaço de agricultura com flexibilidade de acordo às suas necessidades e uma maior segurança para cumprir o cronograma. Vamos plantar?


Faça um orçamento agora mesmo clicando aqui.