Ambientes integrados: Quais vantagens e como aproveitar o espaço.


Introdução a ambientes integrados

Os ambientes integrados chegaram para ficar e satisfazer o gosto das pessoas que amam praticidade e funcionalidade em um lugar. A proposta é unir dois ou mais ambientes em um mesmo espaço sem paredes ou divisórias que fechem tudo trazendo um ar de modernidade e união.

Esse tipo de ambiente surgiu na década de 70 com os lofts em áreas industriais que seriam transformados em residências, como não possuíam paredes nem divisórias, foram surgindo divisões móveis que proporcionavam maior aproveitamento e amplitude do espaço.

Com essa tendência de arquitetura versátil e moderna a escolha pode ser tanto para famílias quanto solteiros, logo conquista por sua facilidade, maior convívio social, amplitude do local, melhora na luminosidade e maior conforto.

Conforme vimos, esse tipo de estrutura ganha destaque quando falamos de decoração e arquitetura. Sendo assim, vamos conhecer algumas vantagens e como você pode aproveitá-la.

Vantagens dos ambientes integrados na sua vida

● Visual harmônico

A integração não é só quebrar paredes e deixar mais espaços para colocar outros objetos. Muito mais que isso, é ideal que se harmonize o ambiente através da escolha de tons e texturas que conversam e combinam entre si. Proporcionando um visual mais limpo e design completo para o espaço como um todo.

● Circulação e destaques

A circulação e destaque de alguns objetos também são importantes e a iluminação é o aliado nesse quesito. Ela permite que você chame a atenção para determinadas coisas, como uma mesa de jantar em um momento especial, ou marcando a circulação de tal espaço.




É comum que se utilize alguns móveis para demarcar, visto a ausência de paredes. Sendo assim, é necessário pensar na cor, formato e fundo dele para que não quebre o estilo do ambiente.

● Funcionalidade do ambiente

De nada adianta toda a integração se trouxer somente dor de cabeça, é importante pensar em deixar tudo funcional. Por exemplo, uma cozinha integrada com a sala pode espalhar gordura para onde você não quer e o cheiro dos alimentos invadirem o conforto do sofá, trazendo assim, uma péssima experiência e muito mais trabalho para limpar. Dado o fato, precisamos pensar em investir um pouco mais em equipamentos que impeçam esses tipos problemas no momento de usufruir do ambiente construído.


● Sensação de amplitude

A princípio, não exclui ambientes de casas maiores, portanto ambientes integrados trazem uma percepção de um espaço amplo, possibilitando um design mais refinado e um uso melhor do espaço para adequar outros móveis que trazem uma sensação de maior conforto e espaço para visitas.

● Melhor convívio

A integração também permite o aumento da interação entre a família ou convidados, pois pessoas que estão na sala, por exemplo, podem conversar normalmente com outras que estão na cozinha preparando a comida.

A aproximação entre todos fica mais interessante e proporciona uma melhor convivência, ainda mais se são convidados que estão passando uma temporada no seu lar.

● Iluminação ideal e ventilação

Além disso, a luz natural do dia proporciona uma melhor iluminação nos cômodos devido a ausência de paredes que servem como barreira. Juntamente com isso temos uma melhor ventilação, evitando assim mofos.

● Valorização do imóvel

Cada vez mais esses ambientes integrados são valorizados no mercado. Portanto, um imóvel com essa característica torna-se um bom investimento que garante modernidade e praticidade.

Como aproveitar a integração do ambiente

Para ampliar o espaço as integrações não se limitam, podendo ser cozinha com sala de estar, sala de estar com a de cozinha, quarto com closet, quarto e banheiro ou quarto e home office. Aqui você escolhe o que precisa.


Mesmo que não tenham paredes, há a necessidade de manter cada coisa em seu devido lugar, seja com tapetes ou móveis que proporcionem transição entre os espaços, como um sofá.

Para manter a integração, precisa de uma harmonia entre as cores do ambiente, trazendo consigo uma paleta de cores coesa e simples que identifique a divisão dos ambientes.

Veja algumas dicas para construir ou reformar aqui.

Além disso, a escolha dos móveis também importa, seja cores, formatos ou tipo de estofado. Se o móvel principal tem uma cor predominante, considere usá-la no móvel principal da cozinha, por exemplo.

Como temos um espaço amplo, aposte em adicionar elementos e acabamentos interessantes que garantam interesse visual das pessoas ao olhar o ambiente.


Conclusão

Apesar da facilidade de se pensar em um ambiente integrado, você deve planejar com detalhe para evitar que a legislação ou regras do condomínio barrem sua obra ou que a estrutura não suporte as modificações que você quer aderir. Esse passo precisa ser avaliado e certificado por um engenheiro civil por meio de um laudo e de uma ART para que a obra seja realizada.

Aqui na Iluvia tratamos sua história como parte da nossa e elaboramos orçamentos precisos e cronogramas reais para que sua reforma ou integração de ambientes seja eficiente e aconteça conforme o planejado.

Solicite um orçamento clicando aqui.